Como uma trilha sonora pode definir o tom certo da sua narrativa visual

É difícil negar o poder da música quando pensamos em emoção e estado de espírito. E quando se trata de produzir vídeos de branding para empresas, campanhas publicitárias, comerciais, ou promoções pre-roll no You Tube, escolher a trilha sonora certa é vital para dar vida a qualquer narrativa visual.

Não sabe por onde começar? Não se preocupe!Decidimos descrever abaixo alguns de nossos exemplos favoritos e como a música pode melhorar um vídeo - desde comerciais Clio award-winning a vídeos motion graphics mais modestos.

Vídeos corporativos promocionais

Quem não lembra do “The Game Before the Game” na época da Copa do Mundo no Brasil, em 2014? Um dos vídeos promocionais mais impressionantes da Copa para a marca de headphones Beats, produzido por Dr. Dre e estrelado por Neymar. A trilha sonora certamente está no cerne da promoção; além disso, os fones Beats podem ser vistos em todas as cenas - mas o mais legal é que não existe menção alguma sobre eles no filme. Agora, imagine assistir ao mesmo filme no mudo, caso você ainda tenha alguma dúvida sobre a importância da trilha sonora em qualquer narrativa visual.

O spot, de 5 minutos, foi produzido pela R/GA (com aúdio do Inner Circle Sound) e levou para casa um Clio.

“Não basta ser especialista em música, a Beats também saiu na frente ao produzir um videoclipe perfeito,” declarou a revista Adweek. “As estrelas do comercial apenas colocam seus fones e nós seguimos a história a partir da trilha sonora.”

O comercial de 60 segundos

Outro exemplo legal, o “Your Land: See For Yourself,”, um filme de 60 segundo da “The North Face,” uma marca americana especializada em roupas e equipamentos de esportes de aventura, é o oposto da campanha da Beats. O comercial destaca uma versão descontraída de uma faixa folk clássica americana de Woody Guthrie, a "This Land Is Your Land."

Este é outro exemplo de um vídeo que ganhou o Clio award-winning, produzido pelo pessoal da Mekanism, e que não faz nenhum sentido se não tiver trilha sonora.

A campanha da “The North Face” foi lançada como parte de uma co-promoção com o “U.S. Department of the Interior” para apoiar o 21st Century Conservation Service Corps. A empresa contribuiu com US $ 250.000 para a campanha, e mais da metade da renda de cada download musical também foi doada.

“O objetivo da empresa era ser percebida como uma marca que vai além de esportes radicais,” afirmou a Mekanism no seu site. “Através de uma campanha 360 e de um comercial de TV que inspirou pessoas a conhecerem o mundo, não interessa se esse mundo era uma selva de pedra ou a selva real.”

O comercial explicativo

Muitas vezes, o jeito mais barato e efetivo de transmitir sua mensagem é um vídeo explicativo ou uma apresentação animada em Whiteboard. Em ambos os casos, uma boa trilha sonora pode transformar um filme ordinário em algo especial.

Você nunca acharia que um anúncio de biscoitos feitos de feijão poderiam ser divertidos. Mas, ao combinarmos uma boa animação com uma trilha sonora agradável, voilá, temos um filme de 30 segundo que chama a atenção do público.

No entanto, nem sempre a trilha sonora precisa ser a estrela do show. Por exemplo, um comercial recente da PG&E (uma das maiores empresas de energia elétrica dos EUA) usou a trilha sonora como segundo plano e âncora da sua mensagem principal. O segredo é a sutileza.

Produzido pela IdeaRocket para a agência Brainchil, de São Francisco, o comercial da PG&E traz um solo de guitarra tranquilo para ajudar a aumentar o interesse e o ritmo da mensagem.

William Gadea, diretor de criação da IdeaRocket afirmou que as músicas livres de direitos escolhidas por ele “capturaram perfeitamente o estado de espírito alegre e brincalhão que eles estavam tentando expressar.”

Animated Whiteboard

Outro exemplo do estúdio de animacão IdeaRocket, dessa vez para a agência de publicidade canadense Grip Ltd., é um comercial de 30 segundos feito em whiteboard para a Breton Bean Crackers.

Você nunca acharia que um anúncio de biscoitos feitos de feijão poderiam ser divertidos. Mas, ao combinarmos uma boa animação com uma trilha sonora agradável, voilá, temos um filme de 30 segundo que chama a atenção do público. (O trilha sonora é da PremiumBeat, uma das empresas da Shutterstock.)

"Queríamos passar a ideia de que estes biscoitos foram feitos com amor e consciência, e a trilha sonora realmente captou essa sensacão de criar algo novo,” explicou Gadea.

"A forma como músicos e anunciantes trabalharam em conjunto sofreu uma revolução na última década", afirmou a AdWeek. "Para os iniciantes no assunto, nenhuma marca procura mais um jingle amigável. Ao invés disso, elas procuram por trilhas sonoras que contem uma história, que evocam memórias e constroem conexões genuínas com as pessoas.”

Veja como podemos ajudar

Os campos em vermelho são obrigatórios ou inválidos.

Obrigado

Recebemos seu pedido. Um de nossos especialistas entrará em contato em breve.